Seu canal de Notícias de Carpina e Região

Testemunhas de Jeová são mobilizadas a escreverem cartas para o Governo Russo

"O Corpo Governante das Testemunhas de Jeová está convidando as mais de 8.000.000 (oito milhões) de Testemunhas em todo o mundo a participarem" em sensibilizar o governo russo para parar com as ameaças de proibição de seus cultos.

A notícia encontra-se no site da organização (em inglês) e tem por objetivo fazer com que seus adéptos escrevam cartas as autoridades russas. Desde o dia 15 de março de 2017, o Ministério da Justiça da Rússia entrou com uma ação junto ao Supremo Tribunal da Federação Russa para classificarem o Centro Administrativo das Testemunhas de Jeová na Rússia como extremista e com isso liquidá-lo.

Caso o Supremo Tribunal confirme essa afirmação, a sede nacional das Testemunhas de Jeová perto de São Petersburgo será encerrada e, com isso, cerca de 400 associações jurídicas que coordenam o trabalho de mais de 2300 congregações no país seriam dissolvidas. Também, todas as suas propriedades poderiam ser apreendidas pelo estado. Além disso, todas as Testemunhas de Jeová individualmente estariam sujeitas a perseguição apenas por realizar suas atividades de adoração. Segundo o site jw.org, a Suprema Corte deve se pronunciar sobre o pedido no dia 5 de abril deste ano.

De modo que todas as Testemunhas de Jeová no mundo estão sendo convidadas a escreverem cartas em defesa de seus companheiros na Rússia no intuito de motivar os funcionários do governo a acabar com a perseguição contra as Testemunhas de Jeová. No passado, as Testemunhas de Jeová fizeram o mesmo para acabar com a perseguição na Rússia e em outros países como a Jordânia, a Coréia e o Malawi.

Tendo em vista o tempo que é muito curto para a entrega da carta em relação a decisão da Suprema Corte da Rússia, os brasileiros são incentivados a enviar suas cartas a embaixada da Rússia no Brasil. Se você deseja participar desta campanha poderá baixar as instruções e endereços em que deverá enviar as cartas por meio dos serviços de correios.

Veja também: Testemunhas de Jeová convidam população para celebração que relembra a morte de Cristo