Seu canal de Notícias de Carpina e Região

Enquanto Prefeitura de Carpina diz que tem remédio, população sofre com a dificuldade para receber

Enquanto a população de Carpina espera por medicamentos de uso controlado distribuído pela rede municipal, a administração pública "enrola" jogando a responsabilidade para outros órgãos.

Recentemente, a secretária de saúde do município de Carpina, Cássia do Moinho, deu uma entrevista numa rádio local afirmando que a farmácia municipal está com o estoque completo e que não falta remédio. Na manhã da última segunda-feira (14), a vereadora "Zezé Saúde" esteve no centro farmacêutico e alegou perante as pessoas que estavam presentes que havia remédio na Farmácia e que se não estava sendo distribuído era de responsabilidade da farmacêutica. Por outro lado, pacientes que precisam do medicamento vão até o Centro de Abastecimento Farmacêutico de Carpina e voltam de "mãos abanando".

Ninguem sabe quem fala a verdade, o que se sabe é que enquanto fica esse joguete entre Prefeitura e Farmácia, a população padece.   Pacientes que precisam de remédios básicos como Carbamazepina, Rivotril, Merelil, entre outros, não conseguem e precisam dar várias idas a farmácia pra ver se já estão disponíveis.

Por volta das 10h da manhã desta quinta-feira (17) alguns medicamentos foram distribuídos, mas outros ainda continuam em falta, ou pelo menos, continuam sendo negada a distribuição. Sabe-se lá!!

Deixe sua opinião sobre o assunto acima na Caixa de Comentários do Facebook abaixo!

Veja também: Mais um homem é assassinado no Bairro Santo Antônio em Carpina