Seu canal de Notícias de Carpina e Região

Delegado de Carpina se defende contra as críticas de familiares de preso em rádio local

O delegado da cidade de Carpina, Antônio Resende, esteve no programa de uma rádio local para falar sobre a operação que foi realizada na cidade para desarticular a venda ilegal de armas e munições.

Na operação denominada "Operação Fênix", foi preso o comerciante Silvan Gonçalves da Silva, também conhecido como "Chibanca", de 54 anos por comérco ilegal de armas e também Perdo José Gadelha da Silva, 43 anos, por tráfico.

Revoltados, parente do acusado foram até a rádio para falar contra a operação, contra os policiais e contra o delegado da cidade.

Contestando, o delegado Antônio Resende postou no Grupo Carpina do Facebook: "Nunca na história de Carpina, vi uma rádio abrir o microfone para familiares do preso atacar qualquer policial, fato inédito em Carpina!!". Segundo o delegado, "a operação fênix mexeu com o tabuleiro do poder na cidade" e que já faz um certo tempo que o mesmo está "sendo perseguido em Carpina por politicagem". Ele deixou claro que não citou nome de nenhum político, mas que ao sair da rádio escutou comentários insatisfeitos da parte de alguns.

Uma coisa é certa, a atuação do delegado na cidade de Carpina tem contribuído em muito para reduzir a violência e o tráfico na região, como já podemos atestar, por ter sido tirado de cena diversos elementos que promoviam o crime na cidade, por isso, parabens delegado! - o grifo é nosso!

Deixe sua opinião sobre o assunto acima na caixa de comentários do Facebook abaixo! 

Veja também: Rapaz foi encontrado morto a pedradas em canavial de Nazaré da Mata