Seu canal de Notícias de Carpina e Região

Polícia Militar divulga resultados da operação em Carpina que resultou em criminoso preso e outros mortos

A Polícia Militar divulgou nesta terça-feira, detalhes da operação que foi realizada em que dois bandidos morreram e outro foi preso.

Os nomes dos elementos são: Reginaldo Francisco da Luz, 37 anos, Francelino de Lima Seabra (vugo "Voy Fit"), 19 anos, e José Barbosa de Souza, (vugo “Dão de Madalena”). Todos são provenientes do Rio Grande do Norte.

Os elementos são suspeitos de terem participado do assalto ao banco Bradesco na madrugada da última segunda-feira (30) na cidade de Serinhaém. A Polícia Militar (PM) havia recebido denúncias de que a quadrilha estaria se deslocando para a cidade de Carpina no início da noite. Foram realizadas diligências e no bairro Santo Antônio a PM localizarou um veículo suspeito. Ao perceber a presença da PM, os elementos fizeram uma manobra brusca com o veículo e efetuaram fuga e atiraram contra os policiais. Após perseguição policial, os criminosos abandonaram o veículo para tentar fugir a pé.

No veículo, os policiais encontraram uma pistola calibre 40 e um revolver calibre 38, além de roupas, documentos e celulares.
Os policiais conseguiram capturar Francelino de Lima Seabra, de 19 anos. Os policiais também entraram em uma mata, onde estaria o arsenal usado pelos criminosos no assalto ao banco e lá, José Barbosa de Souza, o “Dão de Madalena” tentou atacar um dos PM's para pegar sua arma, mas foi baleado pelos policiais.

Já Reginaldo Francisco da Luz, de 37 anos, ao fugir dos policiais, pulou o muro de uma casa e caiu dentro de uma caixa d'água. Ele foi encontrado desacordado com um ferimento na cabeça possivelmente proveniente da queda do muro. Ele chegou a ser socorrido para a Unidade Mista de Carpina mas não resistiu.

O José Barbosa de Souza, ferido ao atacar um policial, também foi socorrido e encaminhado numa ambulâcia do Samu para o Hospital da Restauração (HR), mas ao chegar na Mata São João, em Guadalajara, Paudalho, a ambulância foi interceptada por um carro e uma moto em que os elementos a fizeram parar, e mataram o criminoso ferido. Acredita-se que esses criminosos são também comparsas do "Dão da Madalena" e que fizeram assim uma "queima de arquivo".

Quanto ao Francelino de Lima Seabra foi levado para o Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (DEPATRI) e lá foi autuado em Flagrante Delito. Já havia sido expedido contra ele um mandado de prisão.

Com essa operação, parte dessa quadrilha de assalto a banco foi desarticulada.

Veja também: Criminoso foi executado em Paudalho enquanto era socorrido para o Hospital da Restauração

Baixe nosso aplicativo e tenha acesso as novidades na palma de sua mão