Seu canal de Notícias de Carpina e Região

Supremo Tribunal Russo rejeita a apelação feitas pelas Testemunhas de Jeová

0
0
0
s2smodern
powered by social2s

O Supremo Tribunal Russo confirmou nessa segunda-feira (17) a sua decisão de proibir as atividades das Testemunhas de Jeová no país por rejeitar a apelação feita pela organização religiosa.

As Testemunhas de Jeová foram considerados pelo tribunal russo como "extremistas" depois que o Ministério da Justiça Russo moveu uma ação sob a falsa alegação de que os religiosos são "uma ameaça para os direitos das pessoas, da ordem pública e da segurança pública". Na realidade, o que se tem observado em todo esse processo contra as Testemunhas de Jeová, é o envolvimento da Igreja Ortodoxa Russa e seus apoiadores que consideram as Testemunhas de Jeová como ums seita perigosa.

Na contramão das afirmações contra as Testemunhas de Jeová, o próprio presidente Vladimir Putin deu uma medalha em 

reconhecimento a uma família que é exemplar em cuidar dos filhos. O prêmio só é concedido a famílias que se preocupam com a educação, a saúde e com o desenvolvimento físico, mental e moral de seus filhos - a família que recebeu o prêmio são Testemunhas de Jeová, contrariando as alegações feitas pelo Suprema Corte do País.

As testemunhas de Jeová agora recorrerão a Corte Europeia dos Direitos Humanos (CEDH) para intervir nessa decisão. A CEDH já havia reconhecido outras vezes o direito à liberdade de adoração das Testemunhas de Jeová.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s

Últimos Anúncios